Grooming Seg, 02 Dez. 2019

Transplante capilar: como funciona e quais as indicações

  • O transplante capilar só deve ser feito após ser testado outros procedimentos para tratar a calvície
    O transplante capilar só deve ser feito após ser testado outros procedimentos para tratar a calvície

O transplante capilar é um dos procedimentos estéticos que vêm ganhando cada vez mais popularidade entre os homens, geralmente adotado por pessoas que buscam uma técnica mais definitiva para tratar a calvície. No entanto, muitos ainda têm dúvidas sobre esse assunto. Para te ajudar a entender como funciona o transplante capilar e quando ele pode ser indicado, conversamos com o dermatologista Tiago Silveira. Confira!

Transplante capilar: o que e como funciona?

O transplante capilar é um procedimento cirúrgico que cumpre o papel de repor os folículos capilares perdidos do couro cabeludo e apresenta resultados naturais e duradouros. "Ele consiste na retirada de folículos pilosos de áreas não atingidas pela calvície e a implantação nas áreas de perda de cabelos", explica o dermatologista. "Como os folículos implantados são escolhidos por não sofrerem a ação da calvície, a vantagem é que as unidades de pelo que se mantém na cirurgia tendem a se manter de forma duradoura". O indicado é sempre procurar um dermatologista especializado nesse procedimento para evitar resultados indesejados.

Quais são os tipos de transplante: Qual a diferença entre o FUT e FUE?

Existem dois tipos de transplante capilar, o FUT (transplante de unidade folicular, em tradução livre) e o FUE (excisão de unidade folicular, idem) que proporcionam diferentes resultados. "No FUT é retirada uma faixa de couro cabeludo da região da nuca, deixando uma cicatriz linear, que normalmente o cabelo esconde. Dessa faixa, são retirados os folículos que serão doados para a área de calvície. Já no FUE são retirados folículos um a um, fio a fio, deixando cicatrizes discretas ou invisíveis. Cada um destes fios será implantado na área careca", explica Silveira.

Quando devo fazer um transplante capilar?

Segundo o dermatologista, existem fases específicas da calvície para buscar esse procedimento permanente e que o ideal é esgotar outras formas de tratamento para a perda dos fios com a ajuda de um profissional antes de decidir pelo transplante. "O melhor momento é quando a calvície já estagnou, ou seja, não avança mais, e também nãoo melhora, tendo sido esgotados todos os procedimentos e medicações indicadas como primeira linha de tratamento", afirma. Silveira também alerta sobre as contraindicações inerentes a qualquer cirurgia e também aos casos em que os resultados podem ser comprometidos, como pessoas com calvícies instáveis, ou seja, ainda em evolução franca, e calvícies menos tradicionais, que chamamos de "cicatriciais".

O que devo fazer após realizar o transplante capilar?

Após fazer o transplante capilar é essencial estabelecer alguns cuidados durante o período pós cirúrgico, já que o organismo está se recuperando, para garantir bons resultados e também por questões de saúde. "Nesse período, o paciente deve estabelecer cuidados imprenscindiveis em qualquer cirurgia, como limpeza local. A longo prazo, os cuidados contra a calvície devem se manter, visto que a calvície não tem cura, e com a manutenção do tratamento os resultados pós transplante são muito melhores", completa o dermatologista.

Por: José Thomé

Notícias: Grooming

Como cuidar da pele com queimadura de sol
Grooming Como cuidar da pele com queimadura de sol

A busca pelo bronzeado perfeito pode fazer com que muitas pessoas exagerem na exposição ao sol, o que acaba gerando queimaduras solares. Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), tratam-se de lesões que deixam a pele vermelha, ressecada e dolorida e que são provocadas pela...

+
É preciso usar filtro solar no cabelo?
Grooming É preciso usar filtro solar no cabelo?

Apesar de ser fundamental para a sintetização de vitamina D, um nutriente indispensável para saúde do corpo, a exposição ao sol sem proteção também pode levar ao surgimento de problemas como as queimaduras solares, manchas e até mesmo o câncer de pele. Por isso, não é novidade para...

+
4 cuidados para ficar com uma aparência melhor nas vídeos chamadas
Grooming 4 cuidados para ficar com uma aparência...

Muitos homens incluíram as videochamadas na rotina de trabalho nos últimos meses. Apesar de serem práticas, elas podem abrir espaço para um relaxamento no seu visual. Isso pode até mesmo atrapalhar sua vida profissional. Não é necessário fazer muito para se manter arrumado para as...

+
Quais os maiores problemas que a pele sensível pode ter ao fazer a barba?
Grooming Quais os maiores problemas que a pele...

Quem tem pele sensível pode sofrer bastante ao fazer a barba. Além de ter que redobrar os cuidados enquanto está raspando os pelos, você ainda precisa tratar a pele do rosto para diminuir as consequências que aparecem mesmo se você tiver cuidado. Irritações, caroços e pelos encravados...

+

últimas matérias

Clogs: você deve incluir esse sapato no seu estilo?
Estilo Clogs: você deve incluir esse sapato no...
Manchas de suor: como evitá-las e como recuperar as camisas
Estilo Manchas de suor: como evitá-las e como...

As manchas de suor nas camisas são um dos problemas mais comuns e desagradáveis de um dia de calor e com o tempo ainda podem danificar as suas roupas deixando marcas amareladas. Mas, com um pouco de conhecimento sobre o assunto e preparação, elas podem ser evitadas e é possível até...

+
É possível usar calças moletom com estilo?
Estilo É possível usar calças moletom com estilo?

As calças de moletom sempre foram sinônimos de conforto e preguiça para os dias mais frios em que você decide ficar em casa. Nas últimas temporadas, isso tem mudado com o surgimento do estilo Athleisure e a popularização das calças joggers. Essas peças podem ser usadas tanto para ficar...

+
French tuck: como esse truque do Queer Eye ajuda o seu visual
Estilo French tuck: como esse truque do Queer Eye...

Matérias relacionadas

Temas relacionados