Grooming Ter, 02 Fev. 2021

Quais são os riscos e vantagens do transplante de cabelo?

  •   O transplante capilar pode ser uma boa opção para quem sofre de calvície
    O transplante capilar pode ser uma boa opção para quem sofre de calvície
A calvície não tem uma idade definida para dar as caras. A partir dos 14 anos, caso o problema seja genético, já é possível começar a observar algumas entradas nos cabelos. Uma saída cada vez mais popular para evitar as quedas é o transplante capilar. Mas, como saber se a cirurgia vale a pena para você? Para responder esta pergunta e conhecer melhor o procedimento, nós conversamos com Tiago Silveira Lima, médico dermatologista com especialização em tricologia.

O transplante capilar é feito levando fios saudáveis para a região da calvície

Diferente de um implante, caracterizado pela inserção de elementos artificiais, o transplante usa tecido biológico da própria pessoa, diminuindo chances de rejeição. "O procedimento é como uma troca de tecido humano consigo mesmo", explica dr. Tiago. "Em grande parte dos casos de calvície, o fator genético é muito importante; estes são chamados de alopecia androgenética. Em quase todos os pacientes, a condição não atinge a nuca; por isso, o transplante é feito retirando os cabelos dessa região e os levando para a área afetada." A transferência de fios inatingíveis pela calvície é a maior vantagem da cirurgia; se esta for um sucesso, a tendência é que os cabelos sigam saudáveis no novo local até o fim da vida. Mas, vale lembrar, muitas vezes ainda é preciso manter os medicamentos tradicionais após o transplante.

O procedimento é contraindicado para quem sofre de outros tipos de queda

Apesar de ser uma boa ferramenta para evitar quedas, o transplante capilar não é recomendado para todos. "A cirurgia é indicada justamente para quem tem calvície androgenética, incurável", sustenta o tricologista. "Para quem tem alopecia areata, por exemplo, uma doença autoimune que também gera perda de cabelos, o tratamento é diferente." Operar pacientes com alopecia por tração ou outros tipos de queda, como a cicatricial também pode ser prejudicial, pois gera muita inflamação no couro cabeludo. Portanto, "o padrão ouro é transplantar apenas em pessoas com alopecia androgenética", reafirma o especialista.

Os riscos do transplante capilar são baixos

É natural sentir receio diante de operações, ainda mais quando se trata de uma tentativa de sanar um problema difícil e persistente como a calvície. Contudo, não há muito motivo para preocupação. "Como em qualquer cirurgia, há mínimo risco de sangramento, infecção ou inflamação durante o transplante, mas isto é completamente controlável e orientado pelo médico", assegura dr. Tiago. "É claro, se o paciente for diabético ou grande fumante, pode haver prejuízo na cicatrização e um resultado não tão bom." Como os folículos implantados são do próprio paciente, não há risco de rejeição pelo organismo.

É melhor optar pela cirurgia apenas num grau avançado de calvície

Há muito a analisar antes de decidir se submeter ao transplante capilar. No aspecto clínico, o ponto mais importante é prestar atenção ao nível de sua alopecia. "Quando a pessoa tem calvície, há vários graus diferentes, desde apenas umas entradinhas até ao couro cabeludo liso, chamado vulgarmente de 'bola de bilhar'", conta o dermatologista. "O ideal é fazer a cirurgia no momento em que a calvície se estabilizar. Se for feita no início dos sintomas, faz-se o transplante nas entradas, por exemplo, mas o paciente corre o risco de ficar careca acima desta região no futuro; simplesmente não é estético." Fazer uma tricoscopia ajudará a determinar se seu estágio atual é indicado para a cirurgia. Também vale pensar em qual procedimento você prefere: o FUT, que corta uma faixa de pele da nuca e deixa uma cicatriz, ou o FUE, que retira fio a fio da nuca e não deixa marcas, mas requer raspagem completa dos fios na região; ambos são igualmente eficazes.

Tiago Silveira Lima é médico dermatologista formado pela UFJF e UFRJ. Titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia, atua há mais de 10 anos em consultório na Tijuca, no Rio de Janeiro, sendo especialista em tratamentos estéticos avançados e referência em tricologia na cidade. | Instagram . | Site .

por Yan Rocha e Daniel Schulze

Notícias: Grooming

Oscar de melhor ator: o estilo dos homens que ganharam a premiação
Grooming Oscar de melhor ator: o estilo dos homens...

Não adianta negar, todos sabemos que os personagens de filmes são capazes de nos influenciar em diversos aspectos, e isso não muda em relação ao visual dos atores encarregados de representá-los nas telonas. O ganhador do Oscar de melhor atuação é sempre o cara do momento e a maneira...

+
5 celebridades com tatuagens para você se inspirar
Grooming 5 celebridades com tatuagens para você se...

Marcar o corpo com tatuagens é uma ótima forma de expressão. Pode-se pintar na pele símbolos culturais, religiosos, de valor pessoal... tudo que contribua para sua personalidade. Principalmente neste século, a arte corporal se popularizou e tem sido mais aceita socialmente; e as...

+
5 motivos para não fazer a barba
Grooming 5 motivos para não fazer a barba

Todo mundo sabe que a barba é muito importante e relevante para a imagem dos homens. Além de dar um charme para todo o visual, deixar os fios crescerem pode trazer vários benefícios que a maioria das pessoas nem imagina. Está muito ocupado ultimamente? Você pode experimentar deixar a...

+
Cabelo grande masculino: confira o estilo de 6 famosos
Grooming Cabelo grande masculino: confira o estilo...

O cabelo longo é sempre uma forma de trazer um certo destaque para o homem que o utiliza, até porque se trata de algo que exige os demais cuidados. Apesar de estar muito relacionado a rapazes rockeiros e surfistas, isso ficou no passado, pois esse estilo de cabelo comprido passou a...

+

últimas matérias

Quer apostar na tendência tie-dye? Saiba como criar a estampa em casa
Estilo masculino Quer apostar na tendência tie-dye? Saiba...

Tecidos com estampa tie-dye existem há séculos, com registros de seu uso já no ano 500 por povos peruanos e chineses. A técnica para criar roupas super coloridas apareceu depois na África e no Oriente Médio, antes de chegar às civilizações ocidentais. O boom do tie-dye veio nos...

+
4 maneiras de aliviar o stress
Bem estar 4 maneiras de aliviar o stress

O stress é um problema recorrente para muitos homens, seja na vida pessoal ou profissional, e pode ser responsável por condições de saúde e surtos de acne na pele, além de prejudicar relacionamentos. Em meio a rotinas intensas e desgastantes, em especial durante a pandemia, é...

+
Reflexo alinhado: o que é e como fazer
Grooming Reflexo alinhado: o que é e como fazer

Com as cores caindo de vez nas graças do público masculino, especialmente entre os mais jovens, várias brincadeiras com tonalidades e descolorações têm surgido nas barbearias. Uma das tendências mais populares, muito presente nas comunidades cariocas, é o reflexo alinhado, corte com...

+
5 bigodes grossos de respeito da História
Grooming 5 bigodes grossos de respeito da História

Hoje em dia, ter uma barba é algo muito comum entre homens de todos os estilos. Mas apenas alguns aventureiros ousam caminhar pelo "vale dos bigodes". Manter pelos faciais somente entre o nariz e a boca demanda confiança e personalidade; é praticamente uma arte. Ao longo dos séculos,...

+

Matérias relacionadas