Grooming Seg, 25 Jan. 2021

Foliculite decalvante: saiba mais sobre este problema

  •   Se a foliculite decalvante não for tratada, há risco de queda permanente dos cabelos
    Se a foliculite decalvante não for tratada, há risco de queda permanente dos cabelos

Praticamente todo homem que se barbeia com regularidade sabe como a foliculite é desagradável. Volta e meia, esta inflamação se inicia nos folículos pilosos, de onde saem os pelos, deixando o rosto cheio de pontinhos brancos e vermelhos, como espinhas. Existem diversos tipos de foliculite, uma das mais temidas é a foliculite decalvante, que pode ocasionar a queda dos cabelos em qualquer região onde houve uso de lâminas para remover pelos, principalmente na cabeça. Então, para entender melhor o assunto e te ajudar a evitar este problema, o PPV conversou com a fisioterapeuta Viviane Coutinho, especializada em tricologia.

A foliculite decalvante afeta mais o couro cabeludo

Assim como grande maioria dos tipos de queda de cabelos, esta condição age com mais frequência e agressividade na cabeça. "A foliculite decalvante é uma alopecia inflamatória caracterizada pela rigidez do couro cabeludo com pústulas, erosões, crostas e escamas", conta a fisioterapeuta. "Embora isolada das pústulas, a bactéria Staphylococcus aureus, muito presente na pele, pode ser um fator primário ou secundário." Apesar do couro ser a área de maior manifestação, a foliculite decalvante pode agir em qualquer região do corpo com muitos pelos e passível de depilação, como pernas, braços e rosto, por exemplo. Contudo, não é tão comum.

No verão, há tendência de aumento de casos

Notoriamente, o calor é problemático para a saúde epidérmica, especialmente das peles oleosas. Diversas doenças proliferam mais frequentemente, e quando se trata de foliculite decalvante, a história não é diferente. "Calor e suor, piorados com o uso de roupas apertadas, são causas desta foliculite", explica Viviane. "Certas condições de pele, como dermatite seborreica e acne, além de lesões e curativos, também podem desencadear o quadro. Pessoas de pele negra também estão mais propensas." No rosto, friccionar em excesso durante o barbear facilita qualquer foliculite.

Entenda os sintomas da foliculite decalvante

Diagnosticar esta condição em especial é algo complicado. Em estágio inicial, se comporta como uma foliculite comum, com lesões típicas de acne. "A infecção costuma se apresentar no formato de espinhas de pontas brancas em torno de um ou mais folículos, com coceira e inchaço. Ela pode ser superficial, afetando apenas a parte superior do fio, ou mais profunda", diz a tricologista. Contudo, sintomas mais graves e específicos da foliculite decalvante podem surgir mais tarde, como queda dos fios na área afetada e hiperqueratose, um tipo de cicatrização espessa e elevada, além do surgimento de furúnculos e eventuais microabcessos. Em casos mais avançados sem tratamento, pode-se evoluir para alopecia definitiva.

A prevenção da foliculite decalvante é relativamente simples

Por sorte, não é muito difícil prevenir essa doença. "Manter a pele sempre limpa, seca e livre de irritações ajudam na prevenção", indica Viviane. "Deve-se também evitar lavagens antissépticas em excesso, pois isto deixa a pele seca demais, eliminando as bactérias protetoras. A hidratação também é importante, assim como tomar cuidado ao fazer a barba. O ideal é usar gel de barbear, espuma ou sabão para lubrificar as lâminas e evitar cortes, que são entradas para a infecção." Lavar os cabelos corretamente também ajuda. Lembrando: carecas não estão livres da foliculite decalvante; para evitar as cicatrizes decorrentes, é indispensável cuidar da careca direito.

Tratar foliculite decalvante, no entanto, é bem complicado

O passo mais importante para cuidar desta doença é descobri-la cedo. Portanto, mesmo que seja incômodo, é bom consultar um especialista em tricologia sempre que um quadro de foliculite mais forte ou persistente surgir, em especial se for algo recorrente. "O tratamento representa grandes desafios; o ideal é o acompanhamento da atividade da doença", argumenta a tricologista. "Existem opções terapêuticas, como antibióticos, corticoides e até mesmo laserterapias. O correto é não deixar avançar o quadro e manter sempre ativos os cuidados de prevenção." Contudo, não é raro que tratamentos convencionais não surtam efeito; nestes casos, é necessária uma abordagem mais agressiva, combinada com um profissional competente.

Viviane Coutinho é fisioterapeuta, tricologista e fisiotricoterapeuta, com especialização em couro cabeludo e fios. | Instagram .

por Daniel Schulze

Notícias: Grooming

Oscar de melhor ator: o estilo dos homens que ganharam a premiação
Grooming Oscar de melhor ator: o estilo dos homens...

Não adianta negar, todos sabemos que os personagens de filmes são capazes de nos influenciar em diversos aspectos, e isso não muda em relação ao visual dos atores encarregados de representá-los nas telonas. O ganhador do Oscar de melhor atuação é sempre o cara do momento e a maneira...

+
5 celebridades com tatuagens para você se inspirar
Grooming 5 celebridades com tatuagens para você se...

Marcar o corpo com tatuagens é uma ótima forma de expressão. Pode-se pintar na pele símbolos culturais, religiosos, de valor pessoal... tudo que contribua para sua personalidade. Principalmente neste século, a arte corporal se popularizou e tem sido mais aceita socialmente; e as...

+
5 motivos para não fazer a barba
Grooming 5 motivos para não fazer a barba

Todo mundo sabe que a barba é muito importante e relevante para a imagem dos homens. Além de dar um charme para todo o visual, deixar os fios crescerem pode trazer vários benefícios que a maioria das pessoas nem imagina. Está muito ocupado ultimamente? Você pode experimentar deixar a...

+
Cabelo grande masculino: confira o estilo de 6 famosos
Grooming Cabelo grande masculino: confira o estilo...

O cabelo longo é sempre uma forma de trazer um certo destaque para o homem que o utiliza, até porque se trata de algo que exige os demais cuidados. Apesar de estar muito relacionado a rapazes rockeiros e surfistas, isso ficou no passado, pois esse estilo de cabelo comprido passou a...

+

últimas matérias

Quer apostar na tendência tie-dye? Saiba como criar a estampa em casa
Estilo masculino Quer apostar na tendência tie-dye? Saiba...

Tecidos com estampa tie-dye existem há séculos, com registros de seu uso já no ano 500 por povos peruanos e chineses. A técnica para criar roupas super coloridas apareceu depois na África e no Oriente Médio, antes de chegar às civilizações ocidentais. O boom do tie-dye veio nos...

+
4 maneiras de aliviar o stress
Bem estar 4 maneiras de aliviar o stress

O stress é um problema recorrente para muitos homens, seja na vida pessoal ou profissional, e pode ser responsável por condições de saúde e surtos de acne na pele, além de prejudicar relacionamentos. Em meio a rotinas intensas e desgastantes, em especial durante a pandemia, é...

+
Reflexo alinhado: o que é e como fazer
Grooming Reflexo alinhado: o que é e como fazer

Com as cores caindo de vez nas graças do público masculino, especialmente entre os mais jovens, várias brincadeiras com tonalidades e descolorações têm surgido nas barbearias. Uma das tendências mais populares, muito presente nas comunidades cariocas, é o reflexo alinhado, corte com...

+
5 bigodes grossos de respeito da História
Grooming 5 bigodes grossos de respeito da História

Hoje em dia, ter uma barba é algo muito comum entre homens de todos os estilos. Mas apenas alguns aventureiros ousam caminhar pelo "vale dos bigodes". Manter pelos faciais somente entre o nariz e a boca demanda confiança e personalidade; é praticamente uma arte. Ao longo dos séculos,...

+

Matérias relacionadas